ENQUADRAMENTO

O ciclo de conversas Terra+Saúde’20, foi pensado pela Centro da Terra, no âmbito da sua ação de promoção da arquitetura em terra, com o propósito de integrar e divulgar o conhecimento de alguns especialistas sobre os benefícios do uso da terra na construção, gerando ambientes mais amigos da saúde e do conforto dos utilizadores.

OBJETIVOS

Esperamos encontrar nestas conversas algumas respostas para quem se preocupa com as questões do conforto e da qualidade do ar interior dos edifícios, no sentido de promover a saúde dos seus ocupantes e paralelamente não prejudicar a saúde do nosso planeta. Num momento tão particular, no qual se fala dos impactes gerados pela pandemia e se pretende uma sociedade mais sustentável, poderá a arquitetura em terra ser uma resposta?

LOCAL

Sessões online, através da plataforma Zoom

COMISSÃO ORGANIZADORA

– Ana Perdigão Antunes (Centro da Terra)
– Ana Velosa (Centro da Terra)
– Rui Morbey (Centro da Terra)

SESSÕES

1ª Sessão – Edifícios Saudáveis – Dia 15 de outubro;
2ª Sessão – Dados sobre a Terra – Dia 22 de outubro;
3ª Sessão – Habitar em Terra – Dia 29 de outubro.

DESTINATÁRIOS

O evento destina-se a Arquitetos, Engenheiros, profissionais de saúde, todos os profissionais da área da construção e ao público em geral.

INSCRIÇÕES

A inscrição é gratuita, mas obrigatória. Faça a sua incrição através do link – https://forms.gle/rYj5sut1EwcALd2H6

1ª SESSÃO – EDIFÍCIOS SAUDÁVEIS

Dia 15 de outubro, pelas 18:30.

OBJETIVOS

O que são espaços saudáveis? Uma conversa na qual serão abordados conceitos gerais sobre qualidade do ar interior: diagnóstico, legislação, materiais naturais, entre outros.

 MODERADORES

– Ana Velosa Prof.Dra(Universidade de Aveiro / Centro da Terra)
– Ruy Morbey Arq.(OA/Centro da Terra)

ORADORES CONVIDADOS
– Miguel Fernandes Dr (Habitat Saudável) 
– Carla Silva Dra(….)

Carla Florbela Silva Eng.

Formada em Engenharia de Materiais pela Universidade de Aveiro, com pós-graduação em Arquitetura e Engenharia Civil pela Universidade de Bath. Durante a pós-graduação a Carla estudou a interação de vários materiais de construção com os poluentes gasosos presentes no interior dos edifícios com a finalidade de entender de que forma os materiais poderiam contribuir para uma boa qualidade do ar interior. Após a pós-graduação a Carla começou a trabalhar como Cientista no Building Research Establishment em Watford, Inglaterra, no departamento Building Technology. Aqui realizou trabalhos de investigação e consultadoria relacionados com a qualidade do ar interior e também testes no âmbito da certificação de edifícios BREEAM e WELL.

Miguel Fernandes Dr 

Geobiólogo especialista em Saúde Geoambiental coautor do livro “Uma casa mais saudável, uma família mais feliz”. É sócio fundador da HABITAT SAUDÁVEL.

Miguel Fernandes é licenciado em Geografia pela Universidade do Porto com uma especialização em Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho e Pós Graduação em Saúde Geoambiental pela Universidade Real Centro Universitário Maria Cristina em Madrid.
Membro da Associação de Estudos Geobiológicos (GEA) em Espanha, Miguel Fernandes é consultor e formador e tem como missão estudar e minimizar o impacto negativo das radiações naturais, dos tóxicos ambientais e da contaminação eletromagnética presente no interior dos edifícios contribuindo para uma melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar das pessoas.

2ª SESSÃO – DADOS SOBRE A TERRA

Dia 22 de outubro, pelas 18:30.

OBJETIVOS

Para conhecer a Terra, as sua características e potencialidades para a criação de espaços mais saudáveis, iremos falar com investigadores na área. 

MODERADORES

– Ana Velosa Prof.Dra.(Universidade de Aveiro / Centro da Terra)
– Ruy Morbey Arq.(OA/Centro da Terra)

ORADORES CONVIDADOS
– Idália Gomes Prof.Dra.(Instituto Superior de Engenharia de Lisboa)
– Paulina Faria Prof.Dra.(Faculdade de Ciências e Tecnologia – Universidade Nova de Lisboa)
– Jorge Fernandes Arq.(Universidade do Minho / reVer)

Idália Gomes Prof.Dra

Professora Ajunta no Departamento de Engenharia Civil do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Doutorou-se em Engenharia Civil na especialidade de Ciências da Construção na Faculdade de Ciências e Tecnologia na Universidade Nova de Lisboa, com o tema “Conservação de construções de taipa: argamassas de reparação”. É atual membro da Comissão Coordenadora da Licenciatura em Engenharia Civil, e desenvolve investigação na área dos produtos de construção com baixa energia incorporada, conservação e durabilidade. Orientadora e co-orientadora de várias teses de mestrado com trabalhos já concluídos. Tem participado projetos de investigação na área da construção sustentável, e publicado um número significativo de artigos em revistas e congressos internacionais e nacionais. Consultora nZEB (2016-2020) – SouthZEB Portugal. Co-funded by the inteligente Energy Europe Programme of the european Union. É membro do centro de investigação CERIS – Civil Engineering Research and Innovation for Sustainability e da Associação Centro da Terra, onde colabora na comissão técnica de normalização na área da sustentabilidade dos edifícios.

Paulina Faria Prof.Dra

Doutorada em Engenharia Civil, Mestre em Construção, com o curso de Preservation d´Architecture de Terre do CRATerre, é Professora Associada da Universidade NOVA de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT NOVA), onde é docente e desenvolve investigação especialmente em materiais, produtos e tecnologias para a construção com baixa energia incorporada, conservação, durabilidade e patologia de edifícios. Foi membro do Conselho da FCT NOVA e da Comissão Executiva do Dep. Eng. Civil, é membro do Concelho Científico da FCT NOVA, coordenadora ou membro do concelho científico do Doutoramento em Eng. Civil, de dois mestrados e de uma pós-graduação em Construção e Reabilitação Sustentável. Foi investigadora do LNEC e docente do Instituto Superior Técnico e do Instituto Politécnico de Setúbal. É membro do centro de investigação CERIS – Civil Engineering Research and Innovation for Sustainability, da Associação Centro da Terra, da rede Ibero-Americana PROTERRA, do ICOMOS, onde colabora no ISCEAH – International Scientific Committee on Earthen Architectural Heritage, da RILEM, onde colabora nas comissões técnicas sobre construção com terra, com materiais de construção com base biológica e com base em cais, e de comissões técnicas do IPQ sobre alvenarias e sustentabilidade na construção. É editora-associada da revista científica internacional Journal of Building Engineering, membro do editorial board e revisora de numerosas revistas científicas, avaliadora de agências de investigação nacionais e internacionais que financiam bolsas e projetos de investigação, e membro de diversos projetos de investigação. É autora de mais de 200 publicações e orientou mais de 100 dissertações de mestrado e teses de doutoramento.

Jorge Fernandes Arq.

Licenciado em Arquitectura pela Universidade de Évora (2007) e Mestre em Construção e Reabilitação Sustentáveis (2012) pela Universidade do Minho, com a dissertação “O Contributo da Arquitectura Vernácula Portuguesa para a Sustentabilidade dos Edifícios”. Foi colaborador no gabinete “Armadilha Solar — arquitectura, energia, ecologia” (2007-2012). Correntemente, é doutorando na Universidade do Minho onde desenvolve investigação sobre os princípios de sustentabilidade da arquitectura vernácula portuguesa, com enfoque no desempenho térmico, conforto e avaliação de ciclo de vida.

É PQ no Sistema de Avaliação da Sustentabilidade de Edifícios – SBToolPT, membro do projecto reVer (www.rever.pt) e da International Initiative for a Sustainable Built Environment (iiSBE).

3ª SESSÃO- HABITAR EM TERRA

Dia 29 de outubro, pelas 18:30.

OBJETIVOS

Uma conversa com os autores de projetos de Arquitectura de edificios em Terra. Projetos nos quais a Terra tem um papel preponderante para o conforto e saude dos seus utilizadores (habitantes).

 MODERADORES

– Ana Velosa Prof.Dra.(Universidade de Aveiro / Centro da Terra)
– Ruy Morbey Arq.(OA/Centro da Terra)

ORADORES CONVIDADOS
Àngels Castellarnau Arq. (Edra Arquitectura Km0)
– João Boto Caeiro Arq.
– Pedro Jervell Arq. (Skrei)

Pedro Jervell Arq. 

Pedro Jervell, formou-se em arquitectura em 2003 pela escola de Londres AA (Architectural association). Iniciou a sua actividade em Portugal em 2006 com uma oficina multidisciplinar focando-se na experimentação de materiais e linguagem arquitectonica. Formou uma equipe de artesãos considerando o valor dos mesmos numa prática única entra arquitectura, investigação, obra e expressão artística. Em 2010 cofundou a Skrei Lda. e durante 10 anos desenvolveu as mesmas ideias de juntando outras artes e colaboradores. Montou e fez parte de inúmeros workshops na europa (Servia, Eslovénia, Londres, Suíça,). Com a Skrei expos na Royal academy of Arts, Fundação da Gulbenkian, Centro de Artes de Guimarães, Museu Matadeiro em Madrid, MAAT em lisboa. Actualmente montou a Gørvell que segue os princípios de interdisciplinaridade e experimentaliedade entre profissionais, artesãos e artistas.